Pular para o conteúdo
Eleições OAB/AC

Erick Venâncio se destaca em debate e discorre sobre propostas viáveis do Plano de Gestão

Primeiro debate entre os presidenciáveis da OAB/AC foi realizado na noite da última sexta-feira,12

Presidente e candidato à reeleição à Presidência da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Acre (OAB/AC), o advogado Erick Venâncio participou na noite da última sexta-feira, 12, do primeiro debate entre os presidenciáveis da instituição. Durante a primeira sabatina do processo eleitoral deste ano, o atual gestor se destacou de forma acentuada na apresentação dos projetos que elaborou para o futuro da advocacia acreana e discorreu detalhadamente sobre propostas viáveis de serem executadas.

Promovido pelo site AC 24 Horas, o encontro levantou questionamentos pertinentes ao dia a dia dos operadores do Direito nas respectivas áreas de atuação. O objetivo foi demonstrar aos eleitores da Seccional a capacidade de cada concorrente para realizar uma boa gestão e oportunizar uma análise minuciosa sobre os planos que cada um possui para o futuro da classe. Jovem Advocacia, Independência da OAB/AC, Defesa de Prerrogativas e Atuação da Ordem foram alguns dos temas.

Além de enaltecer atividades rotineiras antes da pandemia como as Blitz de Prerrogativas, o atual presidente relembrou ações como as centrais de Alvarás (com mais de seis mil atendimentos), de Prazos, de T.I, construção/reforma de quase 40 parlatórios em todo estado, fora as salas de apoio, dezenas de atos de desagravos em defesa dos pares que tiveram as prerrogativas violadas, cursos voltados à classe e as várias diligências para dar suporte aos profissionais afetados pela Covid-19.

“Temos muitas propostas focadas em certas áreas e outras transversais, que atendem desde os jovens advogados até os profissionais idosos. São projetos que visam ajudar os nossos pares com iniciativas viáveis de serem executadas. É perceptível que estão propondo em contraponto ao nosso Plano de Gestão iniciativas que já são executadas há muito tempo na Ordem, antes mesmo da nossa gestão, e outras promessas que não têm como ser viabilizadas devido à regramentos legais”, enfatizou Venâncio.

Ao longo da discussão, o candidato da “Capa 10 – Uma Ordem para Todos” destacou que pela primeira vez na história a Seccional Acre fechará o exercício corrente (2021) sem pedir auxílio financeiro ao Conselho Federal, com as contas em dia e saldo positivo mesmo diante do cenário pandêmico. Outra ressalva realizada por ele, foi a manutenção dos serviços prestados às advogadas e advogados de todo estado de forma remota, enquanto a maioria das demais Seções paralisaram totalmente.

“Isso foi feito com muito esforço, dedicação e trabalho. Alguns ficaram invisíveis nos três últimos anos e apareceram agora com uma varinha de condão que trará todas as soluções do mundo à advocacia de forma fácil e rápida. Tenho a oferecer um trabalho que desempenho na OAB há anos e a proposta de construir um futuro ainda melhor, mais grandioso para todos nós. Ainda queremos construir muita coisa para melhorar a vida dos nossos e podemos fazer muito mais”, finalizou Erick.

Leia também: ‘Há um abismo entre a instituição e a advocacia real’, declara Rodrigo Aiache, pré-candidato à presidência da OAB/AC