Pular para o conteúdo
POLÊMICA

Anitta se pronuncia sobre versão de música feita por MC Melody e manda recado para o pai da cantora

As redes sociais entraram em polvorosa na tarde de ontem (21), quando MC Melody cumpriu a promessa de divulgar uma versão piseiro para “Faking Love”, um dos últimos lançamentos de Anitta. No entanto, o trabalho foi retirado do ar pouco tempo após liberado, e a própria funkeira se pronunciou a respeito do caso, já que não havia liberado a versão.

“Quando eu falo para vocês que essa menina vai ser o próximo ‘kikiki’ do Brasil vocês não acreditam em mim (risos). Mas também quando eu falo que ela precisa deixar eu cuidar da carreira dela, porque o pai não é correto, também não me escutam”, começou ela pelo Twitter.

Em seguida, fez elogios à versão piseiro de Melody, mas lembrou que as autorizações para lançamento de versão da música original precisam ser solicitadas formalmente, e não com uma campanha de pressão, como a que os responsáveis pela carreira de Melody fizeram.

“Galera, música não é bagunça e internet não é terra de ninguém quando se trata da propriedade de terceiros. É automático o algoritmo da minha gravadora derrubar automaticamente qualquer conteúdo postado que tenha a minha voz ou imagem e não seja autorizado previamente. Por isso, provavelmente os links subidos com minha voz e imagem caíram”, explicou.

Ela prosseguiu: “Quanto a versão da música sem a minha voz… essa também precisa de autorização da editora (a Sony), que todo bom empresário sabe que não se faz por meio do Twitter, e sim entre as editoras por e-mails, ligações etc. ‘Faking Love’ tem 11 donos. A autorização deve ser enviada formalmente (não pelo Twitter) para essas 11 (eu liberar a minha parte não significa que as outras pessoas vão liberar). E não tem como liberar algo do qual não se tem conhecimento.

Por fim, criticou o pai de Melody, responsável por sua carreira. “Então, pai da Melody, ADOREI a versão, achei divertida a estratégia de marketing para bombar com meu nome e me forçar a autorizar (achei meio pânico na TV com a sandália da humildade), mas a burocracia infelizmente (ou felizmente) ainda deve ser respeitada. Para proteger o direito dos artistas e suas criações. Adorarei liberar a minha parte quando receber um pedido formal. Mas já aviso, para os outros pedidos, que essa tática que foi utilizada não é muito bem vista lá fora nesse tipo de negociação. Mil fake beijos”.