Pular para o conteúdo
reivindicação

Familiares de presos bloqueiam rua Marechal Deodoro em novo protesto

Embora o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) tenha divulgado um cronograma com a retomada gradual das visitas, o grupo pede que as visitas nas unidades profisionais do Estado sejam retomadas sem restrições.

(Foto: Dell Pinheiro)
O movimento de familiares de reeducandos dos presídios do Estado do Acre realiza nesta quarta-feira, 8, um novo protesto, agora na rua Marechal Deodoro, em frente o Ministério Público Estadual. Embora o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) tenha divulgado um cronograma com a retomada gradual das visitas, o grupo pede que as visitas nas unidades profisionais do Estado sejam retomadas sem restrições.

“Estou aqui pelo meu direito como mãe, porque não querem liberar as vititas dizendo que é por causa da pandemia. Eu não aceito isso porque há shows, festas, banhos, boates, então por que as visitas não podem voltar ao normal? Gostari que o governador voltasse às visitas ao normal, não só uma pessoa por família”, diz Maria Alzira, uma das manifestantes, cujo filho cumpre pena no Complexo Prisional de Rio Branco.

O grupo também questiona que, segundo eles, alguns ítens como colchões e alimentos levados aos presos pelos familiares, não estariam sendo repassados aos mesmos. O protesto ocorre enquanto continua o impasse entre o governo e os policiais penais.

Conforme o governo do Estado, o Executivo concordou em enviar a Lei Orgânica com todas as reivindicações possibilitadas por lei à Assembléia Legislativa do Acre, mas não infirmou quando isso deve ocorrer. Ainda segundo o governo, os policiais penais se recusam a executar o serviço extra remunerado (banco de horas), prejudicando a normalidade do sistema carcerário.

Novo cronograma de visitas

Um novo cronograma de visitas aos presídios será divulgado no próximo dia 15 deste mês, segundo informações do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) na tarde desta quarta-feira,8, após o protesto.  As forças que compõem o Sistema Integrado de Segurança Pública do Acre (Sisp) se reuniram para deliberar sobre a situação das visitas familiares nos presídios do estado. lecido pela Lei de Execuções Penais.

O novo cronograma trará o retorno das visitas dos filhos dos detentos, bem como a autorização para entrada de alimentos.  Para o ano de 2022, as visitas voltarão a acontecer em conformidade com a Portaria 1.268, de 5 de setembro de 2019, que dispõe sobre os procedimentos de visitas e cadastro de visitante de pessoas privadas de liberdade. Assim, a visitação acontecerá de forma regular em todos os finais de semana para todas as unidades, de acordo com suas especificidades.

Leia também: Policiais penais acampam em frente à Aleac e projeto que regulamenta a carreira é retirado de pauta