Pular para o conteúdo
veja o vídeo

Servidores da saúde bloqueiam cruzamento em frente o Pronto-socorro de Rio Branco e quase são atropelados por motorista

Segundo representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde (Sintesac), apesar do susto, ninguém ficou ferido

No segundo dia de paralisação de advertência, servidores da Saúde do Estado fecharam o cruzamento que dá acesso ao Pronto-socorro de Rio Branco para chamar a atenção quanto às demandas da classe. O bloqueio causou revolta entre os motoristas e um deles chegou a avançar com o carro contra os trabalhadores da saúde para furar o bloqueio.

Segundo representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde (Sintesac), apesar do susto, ninguém ficou ferido. Nas imagens cedidas, é possível ver um trecho do momento em que o veículo fura o bloqueio dos manifestantes.

Leia mais: Paralisação dos servidores da saúde chega ao segundo dia e atendimentos no Pronto-socorro sofrem lentidão