Pular para o conteúdo
praça da revolução

Manifestantes protestam contra exigência do passaporte vacinal e imunização de crianças

Este é o segundo protesto do tipo em menos de um mês. No dia 7 de dezembro, um pequeno grupo protestou pela mesma pauta na sede da Câmara Municipal de Rio Branco

Dezenas de pessoas se mobilizaram na Praça da Revolução nesta terça-feira, 28, aniversário de Rio Branco, contra a exigência do passaporte vacinal e também contra a vacinação de crianças entre 5 e 11 anos, como prevenção à covid-19.

Este é o segundo protesto do tipo em menos de um mês. No dia 7 de dezembro, um pequeno grupo protestou pela mesma pauta na sede da Câmara Municipal de Rio Branco. Com cartazes de “decreto não é lei”, “não ao passaporte sanitário”, entre outros, eles acamparam em frente à Câmara Municipal, enquanto representantes utilizaram a Tribuna Popular para apresentar seus argumentos.

Desde o dia 29 de novembro, está em vigor no Acre a exigência do comprovante de vacinação para ter acesso às repartições públicas em todo o Estado, bem como em locais com capacidade de público superior a 100 pessoas.

O decreto que regulamenta a medida foi publicado no Diário Oficial do Estado. Conforme o Decreto, a regra se aplica a eventos sociais, culturais, recreativos, esportivos, religiosos e similares, públicos ou particulares, destinados a público superior a 100 (cem) pessoas, com ou sem assento.