Pular para o conteúdo
Cultura

Rio Branco sedia o I Festival Acreano de Poesia e Contação de Causos e Contos

O evento, financiado através da Lei Aldir Blanc, acontece nestas terça e quarta, 28 e 29,e pretende resgatar a cultura local por meio da literatura

 

Na última semana do ano, a programação cultural de Rio Branco fica por conta do I Festival Acreano de Poesia e Contação de Causos e Contos, que será realizado nesta terça-feira, 28, e quarta, 29, no Theatro Hélio Melo, localizado na Avenida Getúlio Vargas, Centro da capital. O evento, gratuito, está marcado para começar às 19h.

O escritor, poeta e produtor cultural, Alessandro Gondim, um dos idealizadores do evento, falou como surgiu a ideia de realizar o festival.

“Tomamos a iniciativa, eu, a historiadora Kelen Gleysse, e a escritora Letícia Xavier, de promover esse festival. Escrevemos o projeto em 2020, e participamos do edital da Lei Aldir Blanc, do qual fomos contemplados. O evento nasce após percebemos uma necessidade de expandir a cultura no Acre, pois existe um vácuo no meio da literatura”.

Gondim comentou que existem muitos escritores e escritoras no Estado. “São escritores de vários gêneros literários, muita gente começando, mais poucos eventos, muita produção individual, e o que queremos é agregar todo esse público na antologia que estamos fazendo, que é a reminiscências”.

 Alessandro ressaltou que a ideia é valorizar a nossa cultura. “Queremos juntar o que está sendo feito, que é muita coisa boa. Trazer um festival de peso para a nossa região, com a participação de escritores de todos os municípios acreanos. Esse é o primeiro festival, e queremos que ele aconteça anualmente. O evento traz toda uma questão social, posição das mulheres, dos negros. O festival vem para trazer valor cultural; permanecer para que possamos contribuir para a arte”, finalizou.