Pular para o conteúdo
No interior

Jovem de 18 anos é encontrado gravemente ferido com tiro de espingarda no rosto; resgate até o PS leva 12 horas

Suposto acidente ocorreu na zona rural do município de Manoel Urbano, e resgate demorou mais de oito horas do local da ocorrência até o Hospital de Manoel Urbano, e quase 12 horas para a chegada dele, em estado crítico, ao Pronto Socorro de Rio Branco

O jovem Talison Mesquita Teles,18 anos, foi encontrado, por familiares, gravemente ferido, com um tiro de espingarda no rosto. De acordo com informações preliminares, o jovem teria sido vítima de um tiro acidental, ocorrido na manhã deste sábado, no Ramal do Prefeito, Igarapé Paysandu, zona rural do município de Manoel Urbano.

O local em que o jovem reside com os pais é de difícil acesso, o que provocou uma demora de mais de oito horas para o resgate do local da ocorrência até o Hospital de Manoel Urbano, e quase 12 horas para a chegada dele, em estado crítico, ao Pronto Socorro de Rio Branco.

Segundo a família, o rapaz teria saído de casa, armado, por volta das 8h, e avisou a mãe que iria fazer um trabalho na propriedade e, como existem muitos animais na redondeza, como onça, levou a espingarda.

O pai e os irmãos do jovem estariam realizando trabalhos braçais, em outro local da propriedade, e a mãe, que ficou em casa, teria ouvido um tiro da direção em que o filho estava.

A princípio, a mãe disse que pensou ter sido a tentativa do filho de abater algum animal silvestre, e não teria dado importância, por ser natural esse tipo de situação em que os moradores da região saem para trabalhar e se deparam com algum animal, que é abatido para alimentação.

Por volta das 11 horas, quando o pai e irmãos retornaram à casa e ouviram o relato da mãe sobre o barulho de tiro, saíram para saber o que aconteceu e encontraram Talison gravemente ferido, com um tiro no rosto.

A Polícia Militar foi avisada e, juntamente com equipes de Samu, foi ao local. A dificuldade de acesso obrigou as equipes a usarem quadriciclo para conseguir romper a lama e garantir a chegada da vítima ao hospital da cidade.

Na unidade de Saúde, devido à gravidade do ferimento, uma equipe do Samu de suporte básico seguiu em direção ao Pronto Socorro de Rio Branco, onde a equipe de suporte avançado interceptou a unidade de Manoel Urbano, conduzindo a vítima ao Pronto Socorro de Rio Branco.

Polícia Civil investigará suposto tiro acidental

Apesar da narrativa dos familiares de que, supostamente, o tiro tenha sido acidental, a Polícia Civil de Manoel Urbano, tão logo recebeu o Boletim de Ocorrência da Polícia Militar, iniciou investigação e deve ouvir os parentes da vítima.