Pular para o conteúdo
alimentos, higiene e limpeza

Com tomate, carne e pão em alta, custo da cesta básica representou 45,8% do salário mínimo no Acre em dezembro de 2021, aponta estudo

Na prática, isso significa que seria necessário 1,6 salários mínimos para que as famílias adquiram as cestas básicas alimentar, de limpeza e de higiene, ou 1,45, como o novo salário mínimo em vigor em 2022

O custo total da cesta básica alimentar por pessoa no Acre foi de R$ 422,40, em dezembro de 2021, segundo pesquisa realizada pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag). Conforme o levantamento, iniciado na primeira quinzena de dezembro do ano passado, os maiores custos foram o tomate (16,3%), a carne (13,27%) e o pão (12,63%) entre os 14 ítens que compõem a cesta alimentar.

A pesquisa também avaliou o número de horas de trabalho necessário para um trabalhador adquirir os produtos da cesta básica alimentar, que indicou aproximadamente 84 horas e 28 minutos. Conforme a Seplag, para o cálculo do tempo de trabalho necessário para a aquisição da cesta básica, considerou-se um trabalhador assalariado, com carga horária de 220 horas/mês e remuneração mensal de um salário mínimo em 2021 (R$ 1.100,00). Já a família padrão considerada é composta por dois adultos e três crianças, pressupondo que uma criança consome a metade da provisão de um adulto.

Interrompida em 2018, a pesquisa era realizada em 71 estabelecimentos comerciais de Rio Branco naquele ano. Em 2021, a meta estipulada era de alcançar 50 estabelecimentos, sendo que ao final da pesquisa foi possível coletar os dados em 68 estabelecimentos, compostos por mercados varejistas de grande, médio e pequeno porte, açougues e panificadoras, distribuídos em 38 bairros da capital.

Tabela do custo total da cesta básica alimentar em Rio Branco (dez/2021).

ProdutosQuantidadePreço da Cesta BásicaParticipação (%)
Arroz3,6 Kg15,203,60
Feijão4,5 Kg33,587,95
Carne2,25 Kg56,0413,27
Frango2,25 Kg30,117,13
Leite6 L28,096,65
Pão6 Kg53,3412,63
Café0,6 Kg16,954,01
Açúcar3 Kg12,032,85
Farinha de Mandioca3 Kg14,413,41
Mandioca6 Kg20,854,94
Tomate9 Kg68,8716,30
Banana7,5 Dz33,277,88
Óleo750 Ml7,741,83
Manteiga0,75 Kg31,927,56
Total422,40100,00
Fonte: Seplag/DEEPI

Cesta básica de limpeza

Já o custo total da cesta básica de limpeza doméstica foi de R$ 60,50, tendo como produtos de maior peso, entre os nove que compõem a cesta, inseticidas (21%), sabão em barra (19,24%), vassoura piaçava (16,53%) e cera para assoalho (16%).

O tempo de trabalho necessário para um trabalhador adquirir uma cesta básica de limpeza doméstica foi de aproximadamente 12 horas e 6 minutos, conforme a tabela do custo total da cesta básica de limpeza doméstica em Rio Branco (dez/2021) abaixo:

ProdutosQuantidadePreço da Cesta BásicaParticipação (%)
Água Sanitária0,57 L3,405,62
Esponja de AçoPct (8 und)1,953,22
Sabão em Barra1 Kg11,6419,24
Sabão em pó500 g4,797,91
Detergente500 ml2,273,75
Desinfetante285 ml4,066,71
Vassoura Piaçavaunidade10,0016,53
Cera para Assoalho450 g9,6816,00
Inseticida500 ml12,7121,01
Total60,50100,00
Fonte: Seplag/DEEPI

Higiene pessoal

O estudo aponta, ainda, que a cesta básica de higiene pessoal para um indivíduo teve um custo total de R$ 20,80, sendo o sabonete (22,17%), o barbeador descartável (21,71%) e o absorvente (20,14%) os três produtos de maior peso entre os cinco que compõem a cesta.

A quantidade de horas de trabalho necessário para um trabalhador adquirir uma cesta básica de higiene pessoal foi de aproximadamente 4 horas e 9 minutos, de acordo com a tabela do custo total da cesta básica de higiene pessoal em Rio Branco (dez/2021) disponível abaixo.

ProdutosQuantidadePreço da Cesta BásicaParticipação (%)
AbsorventePct (8 und)4,1920,14
Creme Dental90 g3,5517,07
Sabonete2 de 90 g4,6122,17
Papel HigiênicoPct (4 und)3,9318,90
Barbeador DescartávelPct (2 und)4,5221,71
Total20,80100,00
Fonte: Seplag/DEEPI

Considerando os dados levantados, o estudo reforça que a participação do valor das três cestas básicas no rendimento de um indivíduo que recebia em dezembro de 2021 um salário mínimo de R$ 1.100,00 foi de aproximadamente 45,8%.

Para uma família padrão de dois adultos e três crianças foi estimado um gasto mensal de R$ 1.478,41 com a cesta alimentar, R$ 211,76 com a cesta de limpeza doméstica e R$ 72,80 com a cesta de higiene pessoal, totalizando R$ 1.762,96 por mês.

Revertendo esse valor em quantidade de salário mínimo necessário para a subsistência dessa família, o custo estimado para aquisição das três cestas em dezembro de 2021 foi de 1,60 salários mínimos, ou 1,45 salários mínimos, considerando o valor atual de R$ 1.212,00.

Com a continuidade da pesquisa iniciada no dia 11 de janeiro de 2022, será possível analisar e comparar a evolução mensal do custo das três cestas já com o novo salário mínimo de R$ 1.212,00, bem como o tempo de trabalho necessário para sua aquisição e o gasto de uma família padrão, possibilitando que a população use os resultados da pesquisa como referência e o poder público atue para estimular preços justos e evitar abusos ao consumidor.

Veja o estudo completo aqui.