Isso não basta – Jornal A Gazeta

Isso não basta

Muita dor e comoção dos familiares e solidariedade dos amigos no enterro ontem da jovem que morreu no acidente do ônibus que levava estudantes para uma competição esportiva em Cruzeiro do Sul. Contudo, o que, inicialmente parecia uma fatalidade, com as informações que se tem a morte dessa garota de apenas 15 anos poderia ser evitada e a tragédia poderia até ter sido pior.

Para começar, segundo consta, o ônibus não estava habilitado para fazer este tipo de transporte e o que é mais grave: o motorista que o conduzia estava com sua carteira de habilitação cassada por dirigir embriagado em outras ocasiões e só poderia dar no que deu.

Pode-se até destacar a atitude do Governo do Estado que, diante da comoção popular, dispôs de um avião para trazer de volta à Capital os estudantes feridos, mas isso não basta. Ou seja, o acidente poderia ter sido evitado se houvesse uma fiscalização rigorosa por parte dos órgãos estaduais e federais que têm a obrigação de, diuturnamente, exercer esta função.

Aliás, enquanto acontecia essa tragédia aqui no Acre, o desvairado presidente da República, em mais uma de suas insanidades, anunciava o fim dos radares móveis em todo o país, incentivando outras tragédias piores com a alta velocidade que, inevitavelmente, sempre acabam em acidentes e mortes.

 

 

Assuntos desta notícia