Salvem nossos idosos

Em muitos países do mundo a velhice é a melhor idade. Quando um cidadão chega a uma idade avançada significa que o sistema social do país é eficiente.

A saúde pública e a previdência social funcionaram. Isso é justo porque afinal de contas quem trabalhou uma vida inteira tem o direito de ter um descanso digno e confortável. É uma recompensa por toda dedicação e trabalho à sua pátria.

No Brasil, infelizmente, as coisas não funcionam assim. A maioria dos nossos idosos ainda é tratada com preconceitos. Mesmo depois de anos de trabalho a experiência de vida acabam se tornando um fardo que os mais novos descartam com facilidade. As aposentadorias são insignificantes e as famílias perdem a paciência para cuidar dos seus anciãos. Os velhos são marginalizados da vida social e se tornam um estorvo para os familiares.

É preciso mudar com urgência essa visão equivocada dos nossos idosos. O que nós assistimos do resultado da fiscalização que o Ministério Público Estadual fez no Lar dos Vicentinos é de estarrecer. Alguém deverá responder perante a Lei sobre as humilhações e os maus-tratos que os velhinhos vinham sofrendo. Mas além da Lei existe a consciência humana que foi terrivelmente agredida pelas cenas retratadas na suposta instituição de caridade.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation