Borges, Dagoberto e Jean são suspensos e só voltam a campo na última rodada

Expulsos no empate por 1 a 1 com o Grêmio, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, os são-paulinos Borges, Dagoberto e Jean receberam a mesma pena: três jogos de suspensão. Denunciados em diferentes artigos, os três ficam fora dos próximos dois duelos da equipe do Morumbi e só retornam na última partida da competição, contra o Sport.

Dagoberto, único do trio que não compareceu ao tribunal, foi denunciado no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (jogada violenta) e poderia ter sido afastado por até seis partidas, enquanto Jean, julgado no artigo 250 (ato desleal ou inconveniente), pegou a pena máxima de três jogos.

O caso mais preocupante era o do atacante Borges. O jogador seria julgado no artigo 253 (agressão física), mas teve a denúncia desclassificada para o 255 (ato hostil). Em sua defesa, o atacante ressaltou que costuma enfrentar adversários de estatura maior que a sua e precisa usar o corpo para se proteger, mas que nunca recorre à violência.

– Sou um atleta que tem 1,76m de altura. Enfrento jogadores muito mais altos e costumo usar o corpo para proteger a bola. Nunca agredi nenhum companheiro na minha carreira. Nunca fui violento, nunca fui agressivo. Em momento algum eu quis machucar o companheiro. O tempo todo observei a bola – disse Borges. (GloboEsporte.com)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation