Flu vira sobre Cerro e vai à final; jogo termina em pancadaria

O Fluminense perdia por 1 a 0 até os 47 minutos do segundo tempo quando o zagueiro Gum empatou em um lance confuso na área do Cerro Porteño. O resultado já garantia a classificação tricolor, mas a equipe da casa ainda marcaria o gol da vitória aos 49 minutos com Alan e venceria por 2 a 1, garantindo uma vaga na final da Copa Sul-americana para enfrentar o vencedor do confronto entre LDU, do Equador, e River Plate, do Uruguai.

Aos seis minutos, o Cerro abriu o marcador. Irazabal chutou da direita, Rafael defendeu parcialmente e a bola sobrou para Nanni chutar cruzado. Cáceres se antecipou aos zagueiros tricolores e colocou a bola nas redes de Rafael.

Aos 47 minutos, quando tudo indicava que a vaga seria decidida nos pênaltis, o zagueiro Gum, que estava com a cabeça enfaixada, chutou a bola para as redes depois de confusão na área, empatando o jogo e garantido a festa Tricolor no Maracanã.

Logo depois, Alan se aproveitou da saída errada do goleiro Barreto para garantir a vitória diante de um Maracanã enlouquecido. Depois do apito final, os jogadores paraguaios partiram para a agressão gerando grande confusão em campo.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation