Funcionários do Educandário denunciam salários atrasados

Os 14 funcionários que rea-lizam serviços diversos no Educandário Santa Margarida afirmam que estão há três meses sem receber seus salários. Revoltados com a situação de descaso por parte da direção, eles procuraram a imprensa para denunciar o caso.

Maria Antônia é uma das prejudicadas. Em 22 anos de casa, ela afirma que nunca havia passado por uma situação tão difícil como a vivida agora. “Nós estamos apelando mesmo. Queremos que alguém faça alguma coisa. Estamos aqui cuidando das crianças enquanto os nossos filhos passam necessidade em casa”, protestou.

O salário pago aos funcionários do Educandário equivale a um salário mínimo. Segundo eles, desde outubro que os pagamentos não estão sendo feitos. Eles temem ainda não receber o décimo terceiro salário.

Raimundo Dias, um dos membros da direção do Educandário Santa Margarida, informou que os salários estão atrasados em virtude da demora no repasse financeiro que é efetuado mensalmente pelo governo, através da Secretaria de Assistência Social. Garantiu que o problema já está sendo solucionado e que até a próxima segunda-feira os pagamentos serão efetuados. (D.A.)

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation