Desempregado que matou amigo porque roncava é condenado a 14 anos de prisão

O Tribunal do Júri de Sena Madureira condenou a 14 anos de prisão em regime fechado o desempregado Olímpio Rodrigues da Silva, 32 anos, que matou com 18 facadas o amigo Manoel Pereira da Silva, 64 anos, o “Dois de paus”, apenas porque ele roncava muito alto quando estava dormindo.

O crime aconteceu no dia 19 de julho deste ano, na casa da vítima, no município de Manuel Urbano.

Ao ser preso, Olímpio confessou o crime e alegou que matou por causa do ronco alto do amigo que o perturbava e não o deixava dormir.

Durante o julgamento, o promotor Flávio Bussab classificou o crime como um ato monstruoso e de extrema perversidade, o que convenceu os jurados, que por unanimidade votaram a favor da condenação do réu.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation