Walter Prado defende Jorge Viana e pede elevação do nível dos debates na Aleac

A declaração do ex-governador e pré-candidato ao Senado, Jorge Viana (PT), de que a oposição era “um saco de gatos”, foi à tônica dos debates da oposição e situação, ontem, e mais uma vez os deputados deixaram os interesses da população de lado, partindo para ataques pessoais. Durante o debate que durou por todo o pequeno e grande expediente, teve de tudo, desde ataques pessoais, até a mudança da frase, que foi alterada para “balaio de gatos”.
O deputado Walter Prado (PDT) defendeu o ex-governador Jorge Viana e pediu a elevação dos debates na Assembléia Legislativa, “não há como negar que o ex-governador Jorge Viana tem autoridade política e moral, para falar dos problemas do Estado, mas precisamos respeitar as pessoas. Precisamos elevar o nível dos debates na Casa”, disse o parlamentar.

Outro ponto que voltou a discussão foi à compra do helicóptero, pela administração estadual e, mais uma vez o nome de Jorge Viana foi citado, com acusações de favorecimento a empresa Helibras, na compra da aeronave.

O ex-governador foi acusado de receber comissão na venda feita pela Helibras, ao Governo do Acre, mas as afirmações foram contestadas por Walter Prado, afirmando que Jorge Viana seria presidente do Conselho de Administração da Helibras, não diretor comer-cial, ou representante, para receber comissões por vendas.

O nível e o calor do debate chegaram ao ponto de deputados do bloco de oposição, acusar os administradores da situação e o ex-governador Jorge Viana, de ladrões. Walter Prado demonstrou descontentamento, com as afirmações e lembrou a liderança de Jorge Viana assusta os opositores. “Qualquer frase do ex-governador Jorge Viana é motivo para criticas da oposição. Ele não é ladrão, não responde a nenhum processo, que possa autorizar a quem, quer que seja, se referir a ele, como um ladrão. O que assusta aos opositores é a grande liderança política de Jorge Viana”, afirmou.

Walter Prado pediu respeito e educação nos debates, lembrando que o momento da campanha política, ainda não chegou. “Acho que vai ser uma grande eleição, mas tem que ser grande com respeito. Não usarei palanque para atingir a dignidade das pessoas. Jorge Viana governou o Acre por oito anos, reconstruindo a estrutura governamental do Acre, levando mudanças fundamentais ao bom funcionamento da máquina, trabalhando com respeito ao erário e a população. Por tanto, espero que os debates sejam feitos com idéias, projetos e respeito à dignidade das pessoas”, ressaltou. (Assessoria)

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation