Falcão ultrapassa Tobias e se torna o maior artilheiro da seleção

O domingo foi histórico para o futsal brasileiro. Responsável por dois gols na vitória do Brasil sobre o Equador por 8 a 0, em partida válida pelos Jogos Sul-americanos, o ala Falcão superou Manoel Tobias e se tornou o maior artilheiro da história da seleção verde-amarela, com 279 tentos.
Falcao
Para delírio das seis mil pessoas que compareceram ao ginásio Coliseu Túlio Ospina, em Bello (Colômbia), o recorde foi igualado aos 6min10s de partida, quando o craque acertou um belo chute de fora da área. A bola ainda tocou no travessão antes de morrer no fundo das redes. No segundo tempo, já com a vitória assegurada, Falcão marcou o sétimo do time nacional em nova “bomba” de longe. André, Vinícius (2), Lenísio (2) e Ari completaram o placar.

“Entro para a história do futsal mundial. É um dia especial, estou muito feliz mesmo. Deitei a cabeça no travesseiro essa noite e refleti para saber a dimensão do que seria o dia de ontem. Tinha certeza de que iria acontecer na partida. É uma história para o esporte. Pelo que já pesquisaram nenhum jogador, por nenhuma seleção do mundo fez este número de gols”, declarou Falcão.

O ala, campeão do mundo em 2008, falou sobre outro fator especial na marca atingida ao marcar seu 279º gol. “Estou muito feliz também pelo fato de ter sido o Cabreúva o autor do passe para o gol. Ele é um irmão, um fã declarado e me alegra ele fazer parte da minha história assim”, comemorou o atleta.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation