Dois Dedos de Prosa: Binho anuncia mais investimentos para proteção à mulher acreana

O governador Binho Marques retomou o tema das políticas públicas para as mulheres no programa Dois Dedos de Prosa, veiculado nesta segunda-feira, 16, nas emissoras de rádio do Estado. No programa passado, Binho Marques ressaltou os avanços em todas as áreas, mas especialmente na saúde materno-infantil. No programa atual, o governador enfatizou a questão da inclusão sócio-produtiva e do enfrentamento à violência contra a mulher.

mulher_prosa

“Toda a região norte e a região do nordeste têm altos índices de agressão contra a mulher e aqui no Acre a gente têm lutado muito contra isso. Por isso nós temos vários programas de apoio à mulher. Nós estamos agora com um programa, para que dez delegacias onde não exista delegacia especializada, possam estar preparadas para receber a mulher”, informou o governador.

“Trata-se do Sepam, que é o programa de proteção à mulher. Muitas vezes, ao procurar uma delegacia, a mulher acaba sendo maltratada pelo machismo da própria força policial, e isso está acabando. Nós estamos preparando os delegados, preparando os policiais, para que eles possam receber bem as mulheres, para que elas não sejam penalizadas duas vezes, uma vez em casa e outra vez na delegacia. São dez novas delegacias que recebem esta preparação”, completou Binho Marques.

De outro lado, além da proteção, é preciso fortalecer a participação da mulher no Mercado de trabalho. Uma das ações é promover a reversão de conceitos: “Os bancos não estão acostumados a trabalhar com as mulheres. Na realidade eles não confiavam nas mulheres. Então nós fizemos todo um trabalho, para que eles pudessem confiar na mulher como chefe da família, porque de fato elas são. E muitas vezes muito mais do que os homens. E por isso, nós tínhamos uma situação no Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf) que é um programa muito importante criado pelo presidente Lula. Até 2006 o Pronaf só tinha atendido 11 mulheres e nós estabelecemos uma meta de atingir neste governo 100 mulheres, e devo dizer aqui, que antes do final do governo essa meta já foi superada. Nós estamos com mais de 130 mulheres atendidas que estão liderando o empreendimento”. (Agência de Notícias do Acre)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation