TRE quer audiências para definir seções eleitorais

Em ofício dirigidos a todos os juízes eleitorais do Acre, o presidente de Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Arquilau de Castro Melo, recomendou que todos eles realizem nos municípios audiências públicas para que sejam criadas seções eleitorais nas zonas rurais.

No documento que encaminhou aos juízes o desembargador salientou que tem percebido que os cartórios eleitorais, de modo geral, resistem à criação de seções eleitorais em zonas rurais porque elas dão mais trabalho para serem instaladas nos dias das eleições mas “isso não justifica”, diz o presidente.
Arquilau Melo disse, ainda, que no município de Feijó não existe nenhuma seção eleitoral na zona rural o que para ele “é um absurdo” pois obriga todos os eleitores, ribeirinhos e seringueiros, a se deslocarem para a cidade ficando expostos ao aliciamento de políticos e cabos eleitorais..

Outro exemplo do que chamou também de “absurdo” verifica-se em Sena Madureira que possui 23.144 eleitores, e conta, apenas com uma seção na zona rural. O presidente do TRE quer que os políticos e a comunidade organizada ofereçam, nessas audiências públicas, sugestões para a instalação de seções em pequenas vilas e povoados e evitando grandes deslocamentos dos eleitores. (Fonte: Ascom TRE)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation