Atlético vence o Vasco e lidera até o final de semana

Sem que os seus principais adversários pela ponta da tabela joguem até domingo, o Atlético Acreano vai liderar o Campeonato Estadual Acreano, pelo menos até o fechamento da rodada, quando Juventus e Rio Branco irão atuar. Se a vitória no Arena da Floresta serviu para um subir, para a AD Vasco da Gama a rodada fechou com a queda ainda maior, pois o empate do Andirá deixou a equipe da Fazendinha na “última colocação isolada”.Galo-lider
Foi a melhor atuação do Vasco, no entanto a maior tranqüilidade “psicológica” do Atlético Acreano fez a diferença na hora da conclusão. Nos minutos iniciais as duas equipes se revezaram, com boas chances de balançar as redes, porém Araújo marcou para o Galo, placar da primeira etapa. Na fase final foi cheio de emoção, primeiro o empate do Vasco, com Gilberto, depois os outros dois gols do Atlético, com Renan e Leonardo, fechando o placar em 3 a 1.

Mais três pontos, deixou o Galo com 11 pontos, enquanto seus adversários diretos – Juventus e Rio Branco – tem nove pontos. Sem marcar pontos, o Vasco agora é o último, com o pior ataque e uma das piores defesas, vindo despontando como “principal favorito” ao rebaixamento.

O Vasco embarca para Epitaciolândia, onde enfrenta o Alto Acre no estádio Antônio Araújo Lopes, no dia 17, a partir das 19h. O Atlético tem o clássico da capital contra o Juventus, no dia 18, no estádio Arena da Floresta, às 19h30.

Gols – Com apenas 20 minutos, Araújo arriscou de fora da área, a bola desviou na defensiva e enganou o goleiro Márcio, fazendo 1 a 0 para o Atlético. Apesar do equilíbrio, as melhores chances de gol continuaram dominadas pelo Galo.

O Vasco chega ao empate somente aos 28 minutos da etapa final. Cruzamento de João Firmino, Faísca tenta aliviar o perigo e deixa a bola nos pés de Gilberto que bate forte e no ângulo deixando tudo igual. A alegria da equipe da Fazendinha durou apenas cinco minutos, quando Araújo recebe, limpa a jogada e rola para a conclusão, na marca do cal, de Renan, que acabara de entrar, fazendo 2 a 1 para o Atlético.

Falta na entrada da grande área do Vasco. O capitão Iesley cobra na trave, volta bate no chão e sobe para que Leonardo subisse para disputar com a zaga. A bola entra mansamente no gol, ampliando a vantagem do Galo para 3 a 1. Antes do encerramento, o árbitro Antônio Neuricláudio ainda expulsou o técnico Ulisses Torres e o massagista do Vasco.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation