Bombeiros concluem laudo do incêndio no Hospital da Criança

Ficou pronto ontem, 12, o relatório da perícia técnica realizada pelo Corpo de Bombeiros, que vai apontar as causas do incêndio ocorrido no Hospital da Criança, há 41 dias. Na ocasião funcionava provisoriamente no local a maternidade e clínica de mulheres Bárbara Heliodora.

A divulgação do resultado, porém, caberá ao secretário estadual de Saúde, Osvaldo Leal, a quem será entregue oficialmente o laudo, informou ontem o major BM Carlos Batista. Osvaldo coordenou pessoalmente as ações de socorro.

Cerca de 60 pacientes – entre mulheres e crianças – foram transferidos para locais seguros. Os 100 funcio-nários que estavam no local também não apresentaram nenhum tipo de lesão.

O incêndio aconteceu no dia 3 de março deste ano. Eram aproximadamente 10h15 quando uma cortina de fumaça, vinda do almoxarifado, invadiu o estabelecimento. Sem saber exatamente o que estava acontecendo, as mães agarraram seus filhos e deram início à evacuação.

O cenário era desolador. Enquanto os bombeiros continham o incêndio, evitando a propagação das chamas, mulheres e recém-nascidos surgiam a todo instante do meio da fumaça. Na pressa de salvar vidas, uma incubadora com uma criança dentro foi transportada em cima da carroceria de uma caminhonete.

A suspeita inicial é de que o fogo tenha sido ocasionado a partir de um curto-circuito. Mas se foi essa ou não a causa do incêndio somente o secretário estadual de Saúde, Osvaldo Leal, poderá confirmar após a leitura do relatório.

CAMELÓDROMO – Já o laudo do incêndio ocorrido no Camelódromo de Rio Branco, no dia 31 de janeiro deste ano, só será concluído no final dessa semana. Ao contrário do que ocorreu no Hospital Infantil, o trabalho foi coordenado pela perícia técnica da Polícia Civil, a quem caberá apontar as causas do sinistro.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation