Prefeitura promove dia “D” contra a Gripe A; meta do município é imunizar 80% das pessoas

A prefeitura de Rio Branco realiza no sábado, 10, o dia “D” de mobilização contra a Influenza A (H1N1). A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) pretende imunizar 80% das pessoas pertencentes aos grupos prioritários. Nessa etapa serão vacinadas gestantes em qualquer idade gestacional, adultos de 20 a 39 anos, crianças com idade entre seis meses e menos de dois anos de idade e portadores de doenças crônicas com menos de 60 anos.
No sábado serão disponibilizados 150 postos de vacinação e aproximadamente 1000 pessoas da Semsa estarão envolvidas na campanha. Os postos funcionam das 8h às 17h. Para agilizar o trabalho de imunização, recomenda-se que as pessoas tenham em mãos sua carteira de vacinação. Na sexta-feira, 9, a prefeitura realiza uma blitz de divulgação da campanha na praça do Senadinho, das 9h às 11 horas.

Confira abaixo o calendário de vacinação contra a Influenza A:


22 de março a 2 de abril
* Gestantes em qualquer idade gestacional;
* Portadores de doen-ças crônicas com menos de 60 anos;
* Crianças com idade entre seis meses e menos de dois anos de idade: 1ª dose (0,25 ml).

5 a 23 de abril
* População de 20 a 29 anos de idade;

24 de abril a 7 de maio
* População com 60 anos ou mais de idade com doenças crônicas 10 a 21 de maio
* População de 30 a 39 anos de idade.

Influenza A (H1N1)
Influenza A é uma doença respiratória aguda (gripe), causada pelo vírus A (H1N1). Este novo subtipo do vírus da influenza é transmitido de pessoa a pessoa principalmente por meio de tosse ou espirro e de contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas.

Inicia-se, clinicamente, com a instalação abrupta de febre alta, em geral acima de 38ºC, aferida ou mencionada, seguida de mialgia, dor de garganta, prostração, dor de cabeça e tosse seca. A febre é o sintoma mais importante com duração em torno de três dias. Com a progressão da doença, os sintomas respiratórios tornam-se mais evidentes e mantém-se em geral por três a quatro dias após o desaparecimento da febre. (Ascom PMRB)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation