Tião Viana visita A GAZETA e defende ética eleitoral e avanço dos índices sociais acreanos

Em visita ao jornal A GAZETA, na tarde de ontem, o senador e pré-candidato ao Governo, Tião Viana (PT), defendeu como bases para a disputa eleitoral a moralização e a exposição dos concorrentes à defesa de suas idéias. Em conversa com o jornalista Silvio Martinello, diretor-geral da empresa, o médico anunciou como plataforma política de sua pré-campanha o crescimento progressivo dos principais índices acreanos nas áreas de Educação, Economia, Inclusão Social e, em especial, na Saúde e Segurança Pública.  
Visita-tiao
O motivo para a escolha de tal estratégia se dá pelo fato de que os referidos setores são considerados pelo petista os alicerces para o desenvolvimento de uma nova geração e de um novo momento para o povo acreano. Assim, Tião Viana destaca que praticamente todas as áreas do Estado têm conquistado números e taxas impressionantes nos últimos 10 anos. Uma prova do desenvolvimento local que deve continuar avançando.

Para basear suas idéias, ele apresenta dados incontestáveis. Conforme Tião Viana, nos últimos 11 anos, a qualidade na Educação do Acre saltou de 27º colocada no Brasil para um respeitável 9º lugar. A taxa de analfabetismo caiu de 26% para 13,6%. Hoje, o Acre é o 3º maior Estado do país com captação de recursos no Banco Mundial. A renda per capita subiu de 4,7 mil para 8,7 mil. Nos indicativos sociais, o Acre segue o Brasil de perto, que reduziu a sua parcela de população na pobreza de 60% para 38% e ainda saiu de 26% de pessoas em estado critico de miséria para apenas 5% nesta última década. 

“É por isso que acredito que o Acre passa por uma fase de recuperação da sua infra-estrutura própria, saindo da dependência do Governo Federal. Uma prova disso é que no primeiro ano de Governo do Jorge (Viana) o orçamento anual girava em R$ 600 mi. Agora, na gestão do Binho (Marques), este valor é de R$ 5 bi. Portanto, eu destaco que nestas eleições os candidatos devem insistir no debate e nos avanços da democracia para dar continuidade a este valioso patrimônio do nosso Estado. Hoje, eu creio que o Acre tem toda a estrutura para dar um novo passo na sua história”, ponderou Tião.

Além dos setores já mencionados, o senador comentou que é necessário se pensar em metas que também tragam mudanças no Transporte Público, Agropecuária, Educação Profissional, Saneamento Básico, Geração e Distribuição de fontes Energia.

Princípios para melhorar os números acreanos
Para se traçar determinadas metas a serem apresentadas em todas estas áreas de atuação pública,o senador explica que é necessário levar em consideração dois importantes aliados. O primeiro diz respeito à construção de uma sociedade cada vez mais preocupada em aliar o progresso socioeconômico com a preservação do Meio Ambiente. O segundo ponto atenta para a lógica de que o Governo deve sempre funcionar como incentivador da evolução e autonomia do setor privado acreano.

Outra base que o pré-candidato do PT jamais deixa de lado é a abertura do diálogo generalizado com as demandas sociais para se chegar a renovação de planos e idéias.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation