Rio Branco treina com Marco Antônio e Testinha para clássico

Durante as últimas semanas o técnico Tiago Nunes preferiu ponderar sobre a possibilidade dos meias Testinhas e Marco Antônio atuarem juntos em um jogo, porém no último treino tático realizado no estádio José de Melo, no sábado pela manhã, a formação mantinha os dois em campo. Rio Branco FC enfrenta o AC Juventus neste domingo, às 18h, no estádio Arena da Floresta, pelo jogo de volta das semifinais do Estadual Acreano, podendo empatar para se classificar para as finais.

Temendo o jogo aéreo, Tiago insistiu durante o treino nas bolas paradas, não só na parte defensiva, mas também no ataque. A equipe principal, no treino, teve a seguinte formação: Douglas, Ley, Marquinhos Costa, Rafael, Ivan, Zé Marcos, Ismael, Marco Antônio, Testinha, Araújo e Juliano César.

Apesar de estar disputando com Leonardo (Atlético Acrea-no) a artilharia do Estadual – ambos com 11 gols – o atacante Juliano César afirma que não importa de onde saiam os gols, mas sim a classificação do Estrelão. “A nossa principal preocupação é o título, por isso precisamos aproveitar as oportunidades”, afirmou.

Durante a semana o técnico Ico precisou reformular a equipe, principalmente pelo fato de estar desfalcado de dois zagueiros (Fernando e Josimar), além de seu artilheiro, Marcelo Cabeção. Nome certo no ataque é Douglas que disse ter se “ajustado a posição certa”. “Comecei atuando fora da posição, mas depois trabalhei onde devia e agora, com Jonas, estamos confiantes na classificação”, afirma o atacante.

Na defesa o técnico Ico terá o retorno do zagueiro Jefferson, devendo fazer dupla com Hulan, que ganha nova oportunidade na equipe principal. “Precisamos mais do que nunca de superação dentro de campo, confiança e acreditar que é possível reverter a situação cria-da”, disse o capitão Jefferson.

No Japiim – Existe um “mito” que o Náuas sempre atuou melhor no estádio Arena da Floresta que no estádio Japiim, em Mâncio Lima, mas a equipe quer mudar isso neste domingo, às 17h, quando enfrenta o Atlético Acreano pelo jogo de volta das semifinais, também precisando apenas de um empate para chegar a final, que dependendo da vitória do Estrelão, significaria também a vaga para a série D.

O técnico Neneca deverá contar com a força máxima dentro e fora de campo. A possibilidade de se classificar para a decisão, tem mobilizado a torcida. A expectativa que o estádio receba carga máxima de torcedores. “O torcedor do Cacique do Juruá, deverá ser o 12° jogador a lutar por mais uma vitória”, disse o técnico.

No Atlético, a principal notícia para sua torcida são os retornos do volante Araújo e o atacante Ailton, peças fundamentais no esquema tático do técnico Gilmar Sales. “Podemos entrar com dois ou três atacantes, utilizando uma formação com dois ou três volantes, mas isso iremos decidir apenas no vestiário”, afirma Gilmar, que precisa da vitória nos 90 minutos e novamente vencer na prorrogação ou penalidades para garantir a classificação na decisão.

Ailton, um dos mais jovens e um dos destaques no Galo, acredita que é possível trazer a classificação. “Vamos esquecer a derrota. Se for necessário os 120 minutos estamos prontos (graças ao trabalho do professor Arnaldo) e colocar o coração na ponta da chuteira, dobrar o esforço, o que for preciso”, disse.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation