RIO BRANCO FC é campeão

Diferente do último jogo da decisão, Náuas EC vendeu caro o título conquistado pelo Rio Branco FC, no seu 26º título do Campeonato Estadual Acreano Profissional. Na “primeira” decisão o Estrelão venceu por 5 a 3, neste domingo a “vitória” saiu após o empate em 1 a 1, com gols de Marcelinho, pelo Náuas, e Ley, pelo Estrelão.
estrelao-campeao
Com uma postura bem diferente, mais ofensiva e mais confiante, o Náuas partiu para cima do Estrelão, que se imaginou jogar retrancado, saiu para um jogo franco, onde quem ganhou foram os 4.683 pagantes no estádio Arena da Floresta. O ponto baixo da final foram as expulsões de Doni (Náuas) e Marco Antônio (Rio Branco).

O Estrelão acabou tendo que fazer as três substituições por motivos de contusões, no caso de Juliano César, Testinha e Marquinhos Costa. O zagueiro devido um corte que precisou ser estancado, porém acabou não conseguindo retornar, sendo substituído por Rizzo. Neto Manaus retornou do intervalo também com uma proteção na cabeça, devido corte. Todos demonstrando muita vontade de estar dentro de campo para a decisão.

A bola rolando, o gol do Nauás saiu de uma cobrança de falta, aos 40 minutos, quando Batista desviou, sendo defendido parcialmente por Douglas, na sobra Marcelinho subiu mais que Rafael e cabeceou para abrir o marcador. O empate só viria aos 15 minutos da etapa final, no cruzamento encontrou o pequeno Ley subindo mais que seu marcador e desviando no ângulo. O goleiro Darlan, pensando que iria sair, acabou tomando um “frango”.

Quem mais comemorou na saí-da foi o técnico Tiago Nunes, do Estrelão, ressaltando que “é como o torcedor fala: o campeão voltou”. O técnico, que retornou a cidade natal na madrugada de ontem, ressaltou o trabalho de domingo a domingo. “Tive sorte que os jogadores entenderam a proposta que resultou em 13 jogos com 11 vitórias”, disse.

O técnico Neneca lembrou que “nem sempre o melhor ganha”, mas também fez questão de ressaltar o jogo digno de uma decisão disputado neste domingo. “Sabia que seria difícil, infelizmente não deu, mas dar parabéns aos nossos garotos (jogadores) que se doaram, acreditando ser possível”, disse. E acrescentou: “perdemos para uma grande equipe, o Rio Branco”.

Ficha técnica


Rio Branco FC 1×1 Náuas EC
Local: Estádio Arena da Floresta
Árbitro: Josimar Almeida
Gols: Marcelinho (40min/1ºt), para o Náuas. Ley (15min/2ºt), para o Rio Branco.
Cartões amarelos: Douglas, Ley, Rafael, Zé Marcos, Ananias, Ismael, Marco Antônio (Rio Branco), Coita, Eder, Doni, Neto Manaus (Náuas).
Cartões Vermelho: Doni (Náuas), Marco Antônio (Rio Branco).
Rio Branco – Douglas, Ley, Marquinhos Costa (Rizzo), Rafael, Zé Marcos, Ananias, Anselmo, Is-mael, Juliano César (Evilásio), Testinha (Marco Antônio), Araújo. Técnico: Tiago Nunes.
Náuas – Darlan, Fofão, Acreano (Serginho), Coita, Eder, Batista, Doni, Marcelinho, Neto Manaus, Poló (Uilame), Emerson. Técnico: Neneca.

Seleção do Estadual
Nem bem acabou o Campeonato Esta-dual Acreano encerrou e a Crônica Esportiva, a pedido da Federação de Futebol do Acre, escolheu os melhores da competição. Uma unanimidade entre os 11 escolhidos foi o “hexa” artilheiro, Juliano César.

Confira os melhores: Douglas (goleiro – Rio Branco), Ley (lateral direito – Rio Branco), Wilian (lateral esquerdo – Plácido), Iesley (zagueiro – Atlético), Flávio (zagueiro – Náuas), Eder (volante – Náuas), Marcelinho (volante – Náuas), Anselmo (meia – Rio Branco), Testinha (meia – Rio Branco), Leonardo (atacante – Atlético), Juliano César (atacante – Rio Branco).

A entrega deve ocorrer até o próximo final de semana, segundo afirmou o presidente da FFAC, Antônio Aquino, durante entrevista na final.

 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation