Caixa inicia pagamento de FGTS a vítimas de enchente

A Caixa Econômica Federal inicia a partir da próxima segunda-feira (12) o atendimento aos trabalhadores formais vítimas da última enchente do Rio Acre e igarapés em março último, e que tenham direito ao saque dos recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).
Alagao
Para evitar transtornos em suas agências, o banco fará o atendimento nas dependências do espaço empresarial do Sebrae da Avenida Ceará.

A Caixa espera que 18 mil pessoas procurem o serviço nas duas semanas de atendimento, que acontecerá das 9h às 14h. Segundo Aurélio Cruz, superintendente da Caixa no Acre, dos 18 mil trabalhadores que procurarem o benefício, somente cinco mil o terão de fato. Para poder sacar o recurso, é preciso comprovar que tenha sido realmente atingido pela alagação.

Também só terá direito quem estiver saldo no fundo. A estimativa da Caixa é que mais de R$ 6 milhões sejam injetados no mercado com a liberação destes recursos.

Depois da análise no posto de atendimento, e aprovada a liberação, o trabalhador poderá fazer o saque nas agências do banco. Para garantir que mais pessoas sejam atendidas, a Caixa irá abri-las por dois sábados seguidos.
Quem possuir o cartão cidadão também poderá realizá-lo nas casas lotéricas e unidades do Caixa Aqui.

Cada trabalhador terá direito a sacar, no máximo, R$ 4,6 mil. A liberação dos recursos do FGTS tem como base legal pelos decretos municipal e estadual que decretaram Rio Branco em Situação de Emergência à época.

 As medidas no âmbito local foram reconhecidas pela Secretaria Nacional de Defesa Civil. De acordo com a Caixa, o objetivo é que este dinheiro seja usado na reconstrução dos imóveis ou na aquisição de bens que tenham sido danificados pela água. 

Documentos necessários para atendimento:
– Cartão do Cidadão, ou PIS/PASEP.

– Documento de Identidade original.
– Carteira de Trabalho.

– Comprovante de residência (conta de água, luz ou correspondência bancária, de até 120 dias anteriores ao mês de março/2010, ou seja, comprovantes com data de emissão compreendidos entre os meses de dez/2009 a março/2010).

Assuntos desta notícia


Join the Conversation