Caravana da oposição chega em Xapuri

A  movimentação na manhã de ontem (27) começou com uma visita ao Mercado dos Colonos em Xapuri. Num  corpo-a-corpo que já se tornou marca registrada de sua caminhada pelo interior, o candidato a Governo ,Tião Bocalom (PSDB), fez questão de distribuir pessoalmente o folder de sua campanha. E aproveitou para ter uma conversa direta  com os eleitores a fim de divulgar seu programa de Governo e ouvir frente a frente os anseios mais urgentes da população local. Bastante à vontade num ambiente de produtores rurais, Bocalom ouviu reivindicações, mas ficou particularmente preocupado com as queixas dos colonos locais que confirmaram a falta de distribuição de sementes, a inexistência de assistência técnica e uma política de preço mínimo com a garantia de escoamento.
Bocalom2807
A denúncia mais grave, no entanto, ficou por conta dos líderes da associação de pequenos produtores do assentamento Tupá, a 38 quilômetros da cidade. Composta por 146 famílias, desde 2008 Tupá abriga  46 famílias que viviam perseguidas na Bolívia. Transferidas para Xapuri pelo Governo Federal, as famílias, segundo as lideranças, vivem num completo abandono, sem as mínimas condições de, pelo menos, sobreviver dignamente. Eles se queixaram ainda da proibição abusiva das queimadas para o roçado tradicional e  lembraram que o medo reinante da aplicação de multas milionárias pelos órgãos ambientalistas praticamente emperrou a produção rural.

Bocalom garantiu aos colonos que, num  Governo de oposição, o pequeno produtor rural vai ser prioridade absoluta. Segundo ele, os colonos irão ser a chave para a geração de emprego e renda, através da retomada da produção rural  para livrar o Acre da dependência externa.O candidato a Governo pediu um voto de con-fiança dos pequenos produtores para implantar uma política que valorize o homem da terra, “que hoje vive em completo abandono por parte das autoridades estaduais”. E falou que só o voto consciente e determinado pode, “mudar os destinos do Acre e sua gente”.

No início da tarde, foi a vez de Bocalom, acompanhado do candidato a Senado Sérgio Petecão (PMN) e do pretendente a federal Márcio Bittar (PSDB) participar de uma reunião com a presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Xapuri, Dercy Cunha. A líder rural entregou aos candidatos um documento contendo as propostas dos trabalhadores rurais para o próximo Governo. Dentre as reivindicações, está a anistia das multas aplicadas pelo Imac e Ibama. Ela garantiu que só na reserva Chico Mendes foram aplicadas mais de 3 mil multas, dentre elas uma no valor de mais de um milhão de reais para 16 produtores. Os candidatos prometeram mudar a política ambiental, “para uma política onde o homem seja mais importante”. (Assessoria)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation