Uma campanha mais perto das pessoas

Das ruas para as casas. Das casas para o coração das pessoas. Esta tem sido a estratégia de campanha adotada pela Frente Popular (FPA) nos últimos dias para colocar seus candidatos majoritários o mais próximo possível da população. Tião Viana, candidato ao governo, e Jorge e Edvaldo Magalhães, candidatos ao Senado, têm feito reuniões nas casas de famílias comprometidas com os avanços que o Acre vem conquistando.
Bocalom2907
O primeiro encontro familiar desta nova fase da campanha ocorreu na noite de terça-feira, na Rua Edmundo Pinto, no Conjunto Oscar Passos, na casa do empresário Dwigth Souza Martins. Filho do também empresário José Rui Martins, o “Ruisão”, que apóia Tião Viana desde que o então médico resolveu entrar para a política partidária, em 1994, Dwigth reuniu parentes, amigos e vizinhos para um encontro superior a 150 pessoas, no quintal de sua casa.

Tião Viana disse que naquele bairro se sentia em casa e em meio a muitos amigos, muitos dos quais, no início da década de 90, foram seus pacientes no centro de Saúde do Bairro São Francisco. “Sei do sofrimento de muita gente na área de Saúde. Muitas das pessoas aqui presentes eu conheço e sei que, apesar dos avanços feitos pelo Jorge e pelo Binho na área de Saúde, muita coisa ainda precisa ser feita. Uma das coisas a ser feita é a melhoria no atendimento ao paciente”, disse Tião Viana.

O mesmo compromisso de humanização no sistema de Saúde, Tião Viana assumiria horas mais tarde no bairro do Aeroporto Velho na rua em frente à casa do militante petista Petronilho Lopes Rodrigues Filho, o “Pelezinho”. Em meio a muitos religiosos ligados à Igreja Católica, Tião, Jorge Viana e Edvaldo Magalhães também falaram na casa da ex-vereadora Francisca Marinheiro de fé, de política e de esperanças no futuro do Acre.

Outro encontro familiar dos candidatos da FPA ocorreu no quilômetro 3 da Estrada do Quixadá, no Panorama, na Chácara Anayde, de propriedade do produtor Sebastião Benício, um ex-comerciante de Rio Branco que abandonou a vida na cidade para viver no campo. Ajudado por uma família de nove irmãos, cunhadas e sobrinhos, Sebastião lidera uma comunidade que, durante a Semana Santa deste ano, produziu 22 toneladas de peixe para o mercado local.

Ao lado do outro candidato da Frente ao Senado Edvaldo Magalhães, que falou da importância dos projetos de produção do próximo governo da Frente Popular, Jorge Viana disse ter ficado satisfeito em saber que os projetos pensados em seu governo começam a dar frutos. “Essas pessoas estão conseguindo sua independência financeira a partir do que produzem, porque, lá atrás, elas acreditaram em nosso governo. Elas viram que o governo estava fazendo, que o Acre estava mudando, e resolveram apostar”, assinalou Jorge Viana. (Assessoria)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation