Quase 600 urnas são trocadas em todo o país

Até as 10h deste domingo (3) de eleições gerais, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou que, de um universo de 400.001 equipamentos, 587 urnas eletrônicas tiveram de ser substituídas, em ocorrências registradas em 25 estados brasileiros. O número deve ser mais elevado: o tribunal informou que, por problemas de repasse de informações dos respectivos tribunais regionais, São Paulo e Minas Gerais não foram incluídos na estatística.

De acordo com o TSE, o Rio de Janeiro foi o estado em que mais urnas apresentaram problemas, com 77 equipamentos substituídos. Em seguida, Rio Grande do Sul, com 63 equipamentos trocados, Santa Catarina (60), Goiás (46) e Distrito Federal (45).

Ao todo, 419.548 seções espalhadas pelo país à disposição de 135.804.433 eleitores. Segundo o TSE, são 418.748 seções concentradas em 94.938 locais de votação, onde 2.181.622 pessoas atuarão como mesários. Já no exterior são 621 seções distribuídas em 242 locais de votação.  (Congresso em foco)

 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation