É possível sim

Esta feira agropecuária ou Expo-acre, que acaba amanhã, serviu para mostrar que é possível sim produzir no Acre nos mais diversos setores da economia, gerando emprego e renda, com a preservação ambiental.

Por motivos conhecidos, evidentemente, que um dos setores em estágio mais avançado é o da pecuária de corte, que alcançou níveis de excelência no Estado porque investiu em técnicas de reprodução avançadas e outros fatores. Aos pecuaristas, porém, cabe o desafio ou a responsabilidade de recuperar e aproveitar as áreas degradadas, contribuindo para a produção de grãos, de alimentos.

Todavia outros setores também se sobressaíram e têm todas as condições para avançar, como esses dois novos projetos da ovino-cultura e piscicultura, apoiados pelo Governo. A serem conduzidos com a devida assistência técnica podem representar excelente alternativa para os pequenos e médios produtores rurais.

No setor extrativista também há muito o que fazer, como no setor moveleiro, no cultivo de frutas regionais, na exploração de resinas. O Acre precisa produzir, precisa gerar empregos, para superar os graves problemas sociais e esse é o momento. 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation