Notificações de carros roubados no AC entram em sistema nacional

Somente neste 1º semestre de 2011 foram notificados roubo e sumiço de 81 veículos no Acre, segundo informações do secretário adjunto de Segurança Pública, Ermício Sena. Ele explica que este número pode ser menor já que a maioria dos proprietários não retorna às delegacias após a localização dos carros. O secretário diz que as medidas para reduzir os índices de roubos no Estado incluem orientações sobre modos de prevenção e operações de fiscalização na fronteira em parcerias entre as polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal e Federal.

As notificações de roubos de veículos são incluídas em sistema nacio-nal consultado pela Polícia Nacional Boliviana antes de liberar a documentação de veículos estrangeiros circulando no país. A medida facilita a localização e possível devolução de carros roubados e torna-se um instrumento de proteção aos proprietários brasileiros desde que o presidente da Bolívia Evo Morales anunciou, no mês de junho, que o governo iria registrar os veículos sem documentação do país. A presidente Dilma Rousseff anunciou na ocasião que iria reforçar as ações de fronteira para fiscalizar a saída de veículos.

Ermício diz que além do registro de um BO no município de origem, quem tiver certeza de que o veículo foi levado à Bolívia deve procurar as delegacias de Brasiléia e Epitaciolândia. Lá o dono será orientado sobre como registrar a ocorrência também em Cobija. “Esses dados são consultados pela Polícia Nacional Boliviana, que só libera a documentação se este veículo não constar na lista emitida no Brasil, se não houver nenhuma ocorrência. Por isso é importante que as pessoas registrem a queixa na Bolívia também”, explica. Os dados incluídos no sistema nacional após a notificação no Acre são encaminhados ao Itamaraty, que reenvia as informações ao Consulado Brasileiro na Bolívia.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation