Preços do álcool e gasolina caem 6 e 2 centavos na última semana

A pesquisa da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Bio-combustíveis (ANP) sobre a semana que fechou o mês de julho (entre 24 a 30 de julho) revelam uma queda ínfima nos preços do álcool e da gasolina no Acre. A pesquisa foi realizada em 9 mil postos de todo Brasil.  Apesar da redução, os postos acreanos ainda seguem disparados como os que vendem os 2 tipos de combustíveis mais caros de todo país.

Com efeito, o preço da gasolina sofreu uma avaria de quase 2 centavos (R$ 0,017, ou – 0,6%), caindo de R$ 3,124 na semana retrasada para R$ 3,107 na passada. Já o álcool sofreu uma baixa um pouco mais acentuada, entre uma semana à outra. Os postos cobraram na última semana 6 centavos (R$ 0,064, ou – 2,5%) a menos. Tais custos valem para a região da Capital. No Juruá, álcool e gasolina custam de 6 a 9 centavos mais caros.

O pódio dos mais caros segue com Rondônia (gasolina R$ 2,97 e álcool R$ 2,44) e Espírito Santo (gasolina R$ 2,88 e álcool R$ 2,38).

A pesquisa também revela que a gasolina ainda está bem mais em conta do que o álcool no Acre. Na relação custo-benefício, o álcool deve custar 70% do preço da gasolina para ser mais vantajoso. Só que aqui a porcentagem está em 80,3% (10,3% acima). Apenas em 3 estados o álcool leva vantagem (Goiás, Mato Grosso e São Paulo).

Assuntos desta notícia


Join the Conversation