Caminhonete é roubada de estacionamento na Chico Mendes

O agricultor Aldo Luiz da Silva Melo, 40, deixou uma caminhonete Ford F 1000 no estacionamento do posto localizado na Via Chico Mendes, para ser vendida. Na madrugada de quarta-feira, 3, ele foi informado que o carro havia sumido. Desesperado, o homem, morador da BR-317, foi ao local saber o que havia acontecido e foi informado que o veículo havia sido roubado.

Segundo informações do dono, no dia 7 do mês passado ele estava trafegando na BR-317, na Estrada de Boca do Acre, rumo a sua casa, e teria se envolvido num acidente de trânsito. Na ocasião, ele atropelou e matou um casal de agricultores.

Ele alega que, naquela época, um ônibus que trafegava no sentido oposto com luz alta o teria encandeado. Com a breve cegueira, ele não viu o casal, que trafegava numa bicicleta, na estrada. Após o acidente, ele não conseguia mais usar a caminhonete devido às lembranças do acidente. Então, resolveu vendê-la.

Ao chegar no posto, foi informado que na madrugada do furto, por volta de 1h, ocorreu uma queda de energia. O gerador do posto – que liga automaticamente – também não funcionou. Quando a energia retornou, a caminhonete havia sido furtada. Os frentistas do posto informaram que visualizaram uma movimentação suspeita perto do carro. Mas pensaram ser o dono, por isso, não se importaram. O caso foi registrado pela polícia e o dono aguarda investigação e possível localização do veículo.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation