Defesa Civil do AM divulga ações de atendimento a 22 mil vítimas da cheia

A Defesa Civil do Amazonas apresentou, nesta terça-feira (13), um balanço das ações do órgão nos 10 municípios em situação de emergência por causa da enchente nas calhas do rio Juruá e Purus. A apresentação vai ocorrer na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Segundo informações da Defesa Civil, 22.330 mil famílias foram afetadas pela cheia que atingiu as cidades de Eirunepé, Guajará, Ipixuna, Envira, Itamarati, Carauari, Juruá, Boca do Acre, Pauini e Lábrea. As ações do órgão inclui envio de itens de ajuda humanitária, como cestas básicas, kits de medicamentos, de limpeza e de higiene pessoal.

O socorro a vítimas da cheia iniciou no fim de fevereiro quando equipes da Defesa Civil enviaram 45 toneladas de alimentos, 21 mil itens de limpeza e higiene e 300 kg de medicamentos. O auxílio foi dividido em três etapas.

Segundo o secretário do Subcomando Estadual de Ações de Defesa Civil (Subcomadec) Roberto Rocha, o plano de trabalho também foi antecipado com o registro de erosões fluviais e desbarrancamento nos municípios, como ocorreu em Envira, situado a 1.208 km de Manaus. (G1)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation