Tarauacá celebra 1ª Feira da Banana com mais de 30 toneladas da fruta para comercializar

Os produtores rurais do município de Tarauacá  mostram sua força na produção de bananas durante a realização da 1ª feira desta fruta que iniciou neste sábado, 24, no Mercado Municipal. São mais de 30 toneladas de banana que estão disponíveis para a comercialização, de acordo com a Seaprof (Secretaria de Estado de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar).
Feira da banana
O governador Tião Viana participou da abertura do evento acompanhado pelo secretário de Produção Familiar, Lourival Marques; secretário de Agricultura e Pecuária (Seap), Mauro Ribeiro; prefeito do Bujari, Edvaldo Teles, “o Padeiro”; presidente da Assembleia Legislativa do Acre, deputado Élson Santiago; deputado Geraldo Pereira e deputado Walter Prado.

De acordo com o secretário Lourival Marques, as 30 toneladas de banana serão comercializadas em Tarauacá e em Rio Branco. As frutas serão encaminhadas a capital via BR-364, que mesmo no período de chuvas está aberta para o tráfego de veículos. O transporte será feito em caminhões do Estado.

“Isso faz parte do compromisso de integração do Acre feito pelo governador Tião Viana. Rio Branco vai receber essa banana através da Ceasa (Central de Abastecimento). Quem vai ganhar diretamente com isso são nossos produtores. A banana sai de um preço de R$ 2 o cacho para R$ 5. Um aumento de mais de 150% no valor da banana. Isso mostra a importância da BR-364 e do compromisso do governador com o município de Tarauacá”, afirma Marques.

Tião Viana disse que com muita alegria que participava da primeira feira da banana do município. Durante seu discurso revelou para a população que Tarauacá ainda deve receber outras ações de governo que visam fortalecer a cadeia produtiva na região. “A meta do governo é constituir um classe média rural pela oportunidade da mecanização, do incentivo e isso está sendo feito no Estado inteiro e, Tarauacá é um exemplo disso. Da banana ao feijão, da macaxeira ao abacaxi, à atividade da criação de peixes, à de ovelhas e até a atividade da bacia leiteira que estamos construindo”, assegurou Viana. (Agência Acre)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation