Presidente nacional da Eletrobras espera que distribuidora do Acre seja ‘rentável’ em 2014

O presidente nacional da Eletrobras, José da Costa Carvalho Neto, declarou ontem (17) que a empresa distribuidora do Acre (Eletrobras/AC) e de mais 5 estados tiveram uma melhora nos seus balanços de 2011. Ele foi ainda mais além e disse que a empresa acreana e as outras cinco devem se tornar ‘rentáveis’ do ponto de vista financeiro a partir de 2014. O comentário foi feito durante uma palestra para a divulgação dos resultados dos desempenhos econômicos das distribuidoras, após o fechamento definitivo dos mercados.

As distribuidoras federalizadas dos outros 5 estados que ele pôs no bolo de ‘teve melhoras e pode surpreender até 2014’ são: Roraima, Piauí, Alagoas, Rondônia e Amazonas. “Esperamos que em 2014 essas empresas sejam rentáveis”, afirmou ele.

Na palestra, o presidente José da Costa Neto também adiantou que a estatal pode vir a assumir o controle de distribuidores estaduais e regionais. “Estamos assumindo a Celg. A gente pode assumir outras empresas. Não é o nosso DNA, mas se tivermos que assumir vamos fazer”, disse ele, sem dar maiores pistas de quais seriam estas empresas que a Eletrobras poderia vir a tomar conta.

Para finalizar, José da Costa Carvalho Neto ainda fez um alerta para as restrições ambientais existentes no país (em especial na região amazônica) que impossibilitam a exploração de todo o potencial hídrico do país. Segundo ele, o tamanho deste tal potencial poderia ser de 260 gigawatts, mas hoje não passa de 61,54% desta estimativa, ou seja, 160 gigawatts.

Tudo isso, conforme o presidente da Eletrobras, faz com que a empresa atenha de nego-ciar com o órgão ambiental antes de fazer uma usina em um lugar e não em outro, o que ele acredita ser ‘preocupante’ para o futuro elétrico brasileiro, principalmente na Amazônia. (Com informações da Reuters Brasil)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation