Astério Moreira propõe moção de repúdio para os presidentes do Peru e da Bolívia

O deputado estadual Astério Moreira (PRP), propôs na sessão de ontem moção de repúdio aos governos do Peru e da Bolívia. De acordo com o parlamentar, ambos apoiam o livre comércio de drogas em seus países, colocando em risco o Acre, que faz fronteira com cidades peruanas e bolivianas.

Destacando a caminhada contra o crack, realizada na segunda-feira, 16, Astério Moreira disse que é preciso uma ação dura do governo brasileiro para evitar que a droga continue entrando com facilidade no Acre.

“A Bolívia e o Peru se tornaram países onde a plantação e a comercialização de drogas vem sendo facilitada a cada dia. Nós acreanos estamos pagando um alto preço por morarmos na fronteira com esses dois países”, desabafou.

Astério Moreira cobrou uma ação dura e emergencial por parte da bancada federal do Acre e do Governo Federal em relação à postura dos dois presidentes, para evitar a livre comercialização de drogas pelo Acre.

“Espero que nossa bancada federal e a presidente Dilma possam fazer alguma coisa para evitar que a droga continue entrando facilmente pelo Acre, com apoio dos presidentes do Peru e da Bolívia. Peço ainda uma moção de repúdio da Assembleia aos dois governos”, disse.

O parlamentar revelou ainda casos de carros que foram roubados no Acre e ficaram escondidos dentro de quartéis na Bolívia, numa demonstração que o Governo Boliviano apoia a criminalidade.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation