Deputados vão a Brasília pedir ajuda a acreanos que moram em terras bolivianas

i028692 272Os deputados estaduais Walter Prado (PDT), Moisés Diniz (PCdoB) e Chagas Romão (PMDB), membros da Comissão de Direitos Humanos da Aleac vão a Brasília na próxima semana. A missão deles é pedir ajuda do Governo Federal para a situação dos brasileiros que moram em terras bolivianas e estão sofrendo ameaças do Exército boliviano.

De acordo com o deputado Walter Prado, presidente da Comissão, os parlamentares vão entregar um relatório com imagens e depoimentos dos brasileiros que estão sofrendo ameaças por parte do Exército da Bolívia.
“Vamos até a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República reforçar o pedido de ajuda do governador Tião Viana. Os brasileiros estão sendo ameaçados de morte, sofrendo extorsão e invasão de domicílio. O governo brasileiro precisa agir rápido para evitar uma tragédia naquela região”, explicou ele.

Segundo o relato de alguns moradores, o Exército boliviano está os expulsando. Algumas casas foram queimadas e a produção deles foi levada pelos militares. O clima em Capixaba é tenso.

Famílias brasileiras ameaçam um confronto com o Exército boliviano, caso os militares continuem agindo com rigor e expulsando os agricultores de suas terras. “É uma situação que exige muita atenção por parte do governo brasileiro. São famílias que estão tendo que abandonar tudo o que construíram nestes anos”, completou Prado.

Walter Prado lembrou, ainda, que o governador Tião Via-na está acompanhando de perto o caso e, inclusive, já pediu ajuda do Governo Federal para evitar mais prejuízos às famí-lias brasileiras que estão em terras bolivianas.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation