PT e partidos da Frente realizam ato em solidariedade a Tião Viana

Pt0504Membros do Partido dos Trabalhadores (PT) realizaram na manhã de ontem um ato de apoio ao governador Tião Viana. O prefeito Raimundo Angelim e o presidente da Aleac, Élson Santiago (PP), participaram do evento, que foi realizado na sede do partido.

Durante o ato, o governador lamentou a forma como tem sido agredido por seus adversários políticos. Comparando as arrecadações feitas pelo Acre Solidário e pelo ‘Jogo da Solidariedade’, ele se mostrou preocupado com os debates durante a campanha eleitoral.

“Nós fizemos um grande esforço para ajudar as famílias que ficaram desabrigadas. Foram mais de 32 mil cestas básicas, 9,5 mil colchões e oito mil kits de limpeza, arrecadados pelo comitê Acre Solidário. Fizemos nossa parte, cuidando com carinho das pessoas que estavam nos abrigos. O jogo foi um evento com características políticas”, comparou.

O presidente da Aleac, deputado Élson Santiago, que na última terça-feira, 3, fez um duro discurso, defendendo Tião Viana, voltou a afirmar que as acusações feitas pelos deputados Romário Faria e Acelino Popó, foram mentirosas e de pessoas que não conhecem a realidade do Acre.

Já o prefeito Raimundo Angelim fez questão de destacar a importância de representantes de outros partidos da Frente Popular no ato. Para ele, a aliança está fortalecida e unidade para encarar os desafios.

“O governador Tião Viana é um homem honrado que merece nosso respeito. As acusações feitas contra ele não são verdadeiras e não passam de atitudes de quem está desesperado. A Frente Popular dá hoje uma demonstração que está unida e fortalecida. Não vamos aceitar que pessoas de outros estados venham aqui para denegrir a imagem do nosso governador”, disse.

O presidente regional do PT, Leonardo Brito, comparou as acusações feitas contra Tião Viana ao sofrimento de Jesus Cristo. Para ele, a oposição quer “crucificar o governador”, mas não vai conseguir.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation