Pular para o conteúdo

Profissionais de saúde são treinados para atender vítimas de violência sexual

Na manhã desta sexta-feira, 13, profissionais da área de saúde participaram da oficina de Construção de Protocolos e Fluxos de Atendimento Humanizado às Vítimas de Violência Sexual e outra violências. O treinamento foi realizado pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco, na Escola de Música Acreana, na Capital.

O curso teve como objetivo capacitar profissionais de saúde no atendimento e notificação dos casos de vítimas de violências no estado, bem como incentivar o atendimento e acelerar a emissão de laudos e protocolos.

Cerca de 30 pessoas participaram do treinamento. Dentre eles, médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, psicólogos, assistentes sociais e agentes comunitários de saúde, que além de compartilharem experiências sobre o assunto, aprenderam a diferenciar os tipos de violência, cuidados contraceptivos para saúde da mulher, e procedimentos e organização de tratamento às vítimas de violência sexual, por exemplo.

Para Helzanete Villar, representante do Núcleo de Violência do Estado, a capacitação desses profissionais é fundamental. “Os profissionais de saúde desejam se aprofundar sobre o assunto, que é o trato com as vítimas de violência. Sobre isso, ainda existem muitas dúvidas. Então, estamos trazendo essa capacitação para melhor qualificar os profissionais e melhor organizar os serviços no atendimento à vítima de violência, para que seja atendida integralmente de forma qualificada e humanizada”, disse Villar.

De maio a agosto deste ano, já receberam a capacitação, representantes das Unidades Hospitalares de Saúde dos municípios de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Manoel Urbano, Brasileia, Porto Acre, Tarauacá, Feijó, Jordão e Santa Rosa do Purus.