Pular para o conteúdo

Festival de mediocridades

 A campanha eleitoral está longe de começar, pelo menos, legalmente, mas o que já se observa são alguns políticos usando os espaços concedidos pela legislação no rádio e televisão para descambar para a política pequena de ataques e retaliações.

Julgando-se “donos” desses partidos,  como de fato agem na prática, sentem-se no direito de ocupar todos os espaços concedidos para fazer sua promoção pessoal e atacar os adversários sem medir consequências.

A Justiça Eleitoral, responsável pela fiscalização do uso correto desses espaços, precisa estar mais atenta e agir com rigor para que os partidos políticos utilizem essas inserções de acordo com as finalidades para as quais foram criadas. Ou seja, para divulgar os programas ou propostas de suas agremiações, coibindo a propaganda eleitoral antecipada, como prevê a legislação.

Até porque esses espaços custam dinheiro e dinheiro público que, em última instância, sairá dos impostos dos contribuintes e poderia ser melhor utilizado em programas de saúde, educação e outros serviços essenciais e não para o festival de mediocridades e sandices que se vê diariamente.