Pular para o conteúdo

Deputados criticam Aneel por conceder reajustes na taxa de energia de acreanos

criticamaneel
Com a notícia de que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) concedeu reajuste de 15,58% nas contas de energia dos acreanos, os parlamentares tanto da base do governo quanto da oposição se posicionaram contra a medida da agência reguladora e pediram providências.

 O deputado Wherles Rocha (PSDB) disse que irá apresentar um requerimento solicitando a presença da diretora do Procon/Acre para prestar esclarecimentos sobre os serviços prestados pela Eletrobrás Distribuição Acre. Segundo ele, os serviços prestados pela distribuidora dos serviços não tem sido satisfatórios.

“Queremos ouvir aqui a diretora do Procon para que ela nos explique o que está sendo feito para intervir nesse péssimo serviço que é prestado no Acre na parte de energia”, pontuou o parlamentar tucano.

 O líder do governo na Aleac, Astério Moreira (PEN) afirmou que se o governador Tião Viana (PT) não tivesse tomada a iniciativa de isentar os consumidores que utilizam até 100kwts, os prejuízos poderiam ser maiores.

 “Se o governador Tião Viana não tivesse colocado em isenção fiscal para aqueles que consomem até 100kwts, esse aumento seria muito mais grave”, afirma Astério Moreira.

 O deputado Chagas Romão (PMDB) pediu a redução imediata do ICMS de 25% para 17%. Ele fez críticas ao governo Dilma quando concedeu reajustes, mas por outro lado, por meio da Aneel concedeu reajuste. “A presidenta Dilma deu com uma mão e tirou com a outra”.