Pular para o conteúdo

Gazetinhas 03/12/2013

* Chegou dezembro!

* E lá se vai 2013…

* 13 azarento esse, viu?!

* Calma, calma, não precisa politizar, não… É só um número!

* Nada pessoal…

* E a semana começa com a chegada da Comissão de Relações Exteriores do Senado, que veio ao Estado para conferir in loco a situação dos haitianos em Brasiléia.

* A comitiva veio a pedido do senador Jorge Viana e deve, enfim, propor soluções para o caos social no município, provocado pela imigração.

* Já não era sem tempo.

* Mais um ano se passou e, apesar dos apelos do governo estadual e de várias reportagens divulgadas pouco foi feito para ajudar o Acre a enfrentar o problema.

* Para se ter uma ideia, desde dezembro de 2010, já passaram por Brasiléia ao menos 13 mil imigrantes.

* Atualmente, mais de 600 haitianos continuam alojados no abrigo disponibilizado e custeado pelo Governo do Estado e pela prefeitura local.

* Por dia, cerca de 20 haitianos chegam ao município, sem perspectivas de onde morar e, muito menos, onde trabalhar.

* Uma situação que fugiu completamente do controle.

* Como bem observou o presidente da Comissão, senador Ricardo Ferraço, o fenômeno deixou de ser provisório e deve continuar a ocorrer, uma vez que o Brasil tornou-se um “sonho possível” para o povo do Haiti.

* Daí a necessidade de articulação de uma política pública permanente de acolhimento, na qual o Governo Federal precisa atuar de forma mais eficiente.

* Bom, tudo isso a gente já sabia.

* O negócio é ver agora quais resultados práticos virão a partir da visita.

* Do jeito que tá é que não pode ficar.

* Pelo que se noticia, o programa Mais Médicos está bombando no Estado.

* No último final de semana, mais 37 profissionais chegaram para atuar no Acre.

* Ao todo, já são 93 médicos do programa atuando em quase todos os municípios acreanos.

* Quantidade pelo visto tem. E a qualidade?

* Os “mais médicos” estão mesmo trabalhando, secretárias?

* Tem que ver isso aí.

* Após tantas polêmicas, que façam jus ao salário de R$ 10 mil e, principalmente, à confiança depositada pelo Ministério da Saúde e pela população.

* Chargista Dim anda tenso com a nota que vai receber no Lulu.

* Aquele aplicativo que virou moda entre a galera do face, no qual a mulherada avalia de forma anônima o comportamento da macharada.

* #NãoéBabaca, #UsaRider, #NãoLigaNoDiaSeguinte, #CurteRomeroBritto, #Sempre Cheiroso, #AiSeEuTePego…

* Chufe! Tá se achando com as tuas hashtags, né, Dim?

* 8,5 tá de bom tamanho!

* Ririri.

* Interina: Maíra Martinello.