Pular para o conteúdo

No Acre, Weverton avalia ano, mira Seleção e confirma namoro com Babi

weverton-atletico-pr andreduraoDois mil e treze foi um ano intenso para o goleiro Weverton, do Atlético/PR. Entre a saída do rebaixamento e a classificação para a Libertadores, o arqueiro acreano esteve perto do título inédito da Copa do Brasil, se firmou como um dos melhores da posição no país e já mira a Seleção Brasileira. De férias em Rio Branco, Capital do Acre, Weverton agora quer relaxar e aproveitar o namoro com Babi Muniz.

Em conversa com o Globo Esporte.com, o jogador do Furacão avaliou a temporada como a melhor da carreira, destacou o desempenho da equipe durante o ano e tem um objetivo maior em 2014: a Seleção Brasileira.

“Foi o ano da minha vida. Foi o ano onde aproveitei tudo aquilo que poderia fazer. Talvez tenha faltado só o título da Copa do Brasil, mas nosso título veio domingo com a classificação para a Libertadores. Se pegar todos os nossos torcedores nenhum acreditava que a gente ia chegar tão longe, porque no começo da competição estávamos na zona de rebaixamento. 2014 está bem aí. São novos desafios, novas conquistas e minha meta agora é a Seleção. Tem outros goleiros que estão a frente, merecendo a convocação primeiro que eu, isso é certo. O Felipão tem que levar quem acha que está melhor. Acredito que minha hora vai chegar, vai ser no momento certo”.

Weverton esteve em campo no jogo entre Atlético-PR e Vasco, na Arena Joinville, pela última rodada do Brasileirão, no último domingo. Na oportunidade, uma briga generalizada na arquibancada chegou a paralisar a partida. O goleiro ressaltou que a tragédia não pode ‘manchar’ o futebol.

“São cenas que a gente não costuma ver, mas nós jogadores não temos muito o que falar. Ficamos tristes pelos feridos e o Ministério Público ou Estado vão ter que tomar providências. Não temos que julgar nosso torcedor, porque em muitos lugares fizeram uma festa linda para a gente, sempre nos incentivando. Mas os culpados pela briga têm de ser punidos. Não foi toda a torcida. O futebol é alegria, para levar a família para curtir e não podemos deixar que alguns estraguem esse momento”.

O jogador desembarcou nesta segunda na capital acreana e fica no Acre até o início de 2014, quando se reapresenta no Atlético-PR. Ele agora quer aproveitar a cidade natal, a família e a namorada Babi Muniz, que pode visitar o Estado no fim do ano.

“A gente está junto, está bem. Ela está querendo vir, mas está trabalhando muito. Ela deve chegar depois do natal para passar alguns dias, conhecer a família e ter a oportunidade de conhecer o meu lugar, onde eu passo minhas férias. Se der certo, vai ser muito bem-vinda”, concluiu.

O camisa 12 tem contrato com o Furacão até 2016 e pretende fazer parte do grupo em 2014, quando o time vai jogar o Brasileiro Série A e a Libertadores. (João Paulo Maia / Globoesporte.com)