Pular para o conteúdo

Com os pagamentos de fim de ano, R$ 650 milhões serão injetados na economia acreana

O governador Tião Viana anunciou ontem (20), em sua viagem ao Juruá, que o Acre terá injetado diretamente na sua economia um montante na ordem de R$ 650 milhões. E todo este valor será aplicado no Estado, em especial aos servidores públicos e pensionistas da Previdência Social, em um período de 30 dias. Um sopro de capital para abastecer o comércio neste final de ano e melhorar as perspectivas do empresariado acreano para o início de 2014.

De acordo Tião Viana, estes milhões serão divididos da seguinte forma: uma parte para a folha de servidores e a outra parte irá para pagamentos diversos. De um lado, serão R$ 300 milhões referentes a pagamentos do Governo do Estado, sendo cerca de R$ 100 milhões para quitar o 13º salário, R$ 100 milhões para cobrir as remunerações de dezembro e mais R$ 100 milhões para os vencimentos do mês seguinte.

Já de outro lado, os R$ 350 milhões restantes serão em torno de R$ 200 milhões em pagamentos de débitos variados do Governo do Estado entre a 2ª quinzena de dezembro e a 1ª quinzena de janeiro, somados aos R$ 150 milhões que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pagará aos seus segurados do Acre.

Para finalizar, Tião Viana afirmou que nunca na história do Estado houve tantos recursos assim sendo injetados diretamente nas mãos do povo acreano, em um período de tempo tão curto. Tião assegurou que será este capital que movimentará a economia do Estado no começo do ano. “Isso é um reflexo claro dos avanços econômicos do nosso Estado”, concluiu o governador.