Pular para o conteúdo

Biblioteca Pública de Cruzeiro será inaugurada em 9 dias para virar um marco cultural no Juruá

A maior cidade do Juruá ganhará um prédio à altura da sua vasta riqueza imaterial. Às vésperas da virada do ano, no dia 30 deste mês, o Governo do Acre vai inaugurar a Biblioteca Pública Estadual de Cruzeiro do Sul, um dos edifícios mais bem planejados do município. Na sua visita ontem ao Juruá, o governador Tião Viana fez questão de inspecionar os detalhes finais para a conclusão do prédio. E fez toda a sua comitiva se encantar com a beleza do local.

E não é à toa que a biblioteca pública deve virar um novo ‘centro’ do conhecimento e da cultura do povo do Juruá. Tião Via-na assegura que o prédio terá, ao todo, um acervo com mais de 20 mil títulos. Quatro mil, inclusive, já chegaram e devem estar disponíveis na inauguração. Muitos deles são obras literárias sobre a Amazônia e a história acreana e regional.

O governador também reforçou o fato de todo o mobiliário da biblioteca ter sido confeccionado no Estado, com produtos e matérias-primas daqui, e que ela representa um presente de Natal para a ‘capital do Juruá’. “Esta biblioteca será um herança para as futuras gerações. Os livros vão dar à população uma fonte inesgotável de conhecimentos e os computadores daqui vão incentivar a pesquisa e a inclusão digital entre os mais jovens. Além disso, sei que os espaços deste prédio farão com que as pessoas passem seu tempo de lazer aqui, estimulando o seu raciocínio e o aprendizado”, comentou o governador, que é um grande entusiasta da literatura.

A Biblioteca Pública de Cruzeiro do Sul conta com 4 andares (3 pisos, mais o mezanino). Totaliza uma área edificada de mais de 1.500 m². As obras da reforma custaram quase R$ 5 milhões.

O lado interno da biblioteca resgata traços tipicamente coloniais, com portas bem largas e uma decoração rebuscada, que otimiza os espaços de passagem. Já no lado externo, o prédio é coberto de amplas janelas de blindex com fumê escuro. Uma ideia genial para oportunizar uma visão panorâmica e privilegiada da bela Cruzeiro do Sul e da agitação da sua área central.

O lugar terá um canto para os estudos e contações de histórias em grupos, seções organizadas, seção de quadrinhos e literatura infanto-juvenil, rampas eletrônicas, corredores largos, várias áreas para as exposições que o recinto deve receber, além de um elevador extenso, etc.

20131220 09194620131220 092303

Fotos: Cedidas