Pular para o conteúdo

Pastor é preso acusado de estuprar 2 enteadas de 13 e 17 anos em seringal em Boca do Acre

Pastor acusado de estuproEdmundo da Silva Braz, 57 anos, pastor de uma igreja evangélica, localizada no Seringal Porto Alegre, em Boca do Acre, foi preso acusado de estupro contra duas enteadas de 13 e 17 anos.

Segundo testemunhas, Edmundo foi preso por policiais civis do Acre, já que o crime teria ocorrido em Rio Branco. Em seguida, ele teria se mudado para uma comunidade rural ao sul do Amazonas.

Durante o período em que teria violentado as enteadas, a jovem de 17 anos ficou grávida do padrasto.

Conduzido à Delegacia da 3ª Regional, o acusado negou os crimes alegando que na época era usuário de bebida alcoólica e drogas, mas que há cerca de dois anos “teria deixado a vida de pecado e estaria como dirigente de uma igreja”. (L.C.)