Pular para o conteúdo

O PT nunca vai estar fechado para o diálogo. Mas o nosso candidato é o Aníbal”, diz Geraldo Pereira

“O PT nunca vai estar fechado para o diálogo. Mas o nosso candidato é o Aníbal”. Essa frase é do líder do Partido dos Trabalhadores na Aleac, deputado Geraldo Pereira, em conversa com os jornalistas na manhã de ontem, 26. Ele disse se houver modificações na conjuntura política, essa decisão deverá ser tomada em plenária e não de modo unilateral.
“Qualquer alteração no quadro deverão ser ouvido as instâncias do PT, a Executiva que submeterá à nossa plenária. O movimento reverso é o mesmo, se tiver que haver alguma alteração”, destacou Geraldo Pereira.

 Pereira afirmou, também, que nenhum militante do PT está autorizado a falar em nome do Partido. Ele elogiou a iniciativa do presidente regional, Ermício Sena, que descartou a possibilidade da formação de uma chapa majoritária.

“Qualquer decisão tomada em plenária deverá ser comunicada pelo nosso presidente Ermício Sena. Quero elogiar o nosso presidente pela reação imediata diante dos fatos. Não existe mandatário dentro do PT, a não ser o que elegemos pelo voto de todos”.

 O parlamentar destacou que o nome do senador Aníbal Diniz se fortalece pela sua atuação em Brasília e pelas causas do Acre. Ainda para o deputado petista, o Diniz tem sido considerado pela grande imprensa como o 2º melhor parlamentar federal do Acre.

“A nossa decisão ela se fortalece pela boa performance apresentada pelo senador Aníbal Diniz. Ele foi o segundo mais produtivo dos parlamentares acreanos, ficando atrás apenas do senador Jorge Viana (PT/AC)”.