Pular para o conteúdo

Matrículas terminam hoje; SEE afirma que ainda há muitas vagas nas escolas

Pais e responsáveis precisam ficar atentos, pois as matrículas escolares nas redes municipal e estadual encerram hoje, 10. Para os novos alunos, esse prazo será de 13 a 17 de janeiro. A Secretaria de Educação (SEE) salienta que ninguém ficará sem vaga. O início das aulas está previsto para o dia 17 de fevereiro.

São mais de 6 mil vagas nas escolas municipais e estaduais. O diretor de ensino do Estado, Josenir Calixto, afirma que todas as crianças e adolescentes na faixa etária de 6 a 17 anos de idade possuem lugar garantido na educação básica.

Jovens entre 15 e 19 anos também devem buscar a educação básica ou o programa de EJA, pois ainda existem vagas. “Muitas pessoas estão fora da sala desnecessariamente. Parte das escolas ofertam aulas para adultos no período da noite”, informa Josenir.

Além disso, esses jovens podem contar com os programas de educação profissional dos governos estadual e federal. “Nossos parceiros oferecem vários tipos de cursos profissionalizantes, que vão além da escolarização”.

Ainda que o aluno não esteja satisfeito com o local da escola, ou se a vaga for longe de casa, há uma comissão de matrícula que está disposta a resolver esses problemas. Para isso basta ligar nos telefones (68)3213-2392, (68)3213-2393, (68)3213-2394.

“Vale ressaltar que o governador Tião Viana e o prefeito Marcus Alexandre orientaram suas equipes a fazer um esforço, para que todos demandantes sejam matriculados e assim zerar o número de pessoas fora da escola”, declara Josenir.

Segundo o secretário municipal de Educação, Márcio Batista, em 2013, as matrículas na rede pública de ensino cresceram 12,4%, comparado ao ano de 2012. Isso equivale a mais 2.426 vagas. Dessas, 1.251 foram destinadas à educação infantil.

Ainda de acordo com o secretário, 10 creches estão em construção, que serão utilizadas também como escolas. Com a conclusão prevista para o segundo semestre de 2014, mais 1.650 vagas serão criadas na educação infantil. “Com isso, ficaremos bem próximo da meta de atingir 5 mil vagas em quatro anos, no Plano de Governo. Em apenas dois anos chegamos bem próximo disso”, comemora.