Representantes da Embaixada da China procuram parcerias e sociedades no Acre

O governador Tião Viana recebeu em seu gabinete, nesta quarta-feira, 22, representantes da Embaixada Chinesa no Brasil, o primeiro secretário Chen Yongcan e o conselheiro Qu Yuhui. É a segunda visita dos representantes ao Estado, dessa vez eles comparecem procurando mais informações sobre os projetos acreanos que mais interessaram a Embaixada e podem gerar parcerias e sociedades acreanas com a China.

Em novembro de 2013, o embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang, liderou pessoalmente uma comitiva chinesa para conhecer o Acre, os principais programas de governo e verificar oportunidades de negócios. Junto com ele veio o presidente do Banco da China no Brasil e o presidente da terceira maior geradora de energia do país.

Animado com o que conheceu após a visita, Li Jinzhang volta para a China por um tempo e junto pretende levar algumas propostas de parcerias e sociedades no Acre para empresários chineses. Chen e Qu vieram então ao Acre especificamente atrás de propostas no campo da piscicultura, produção de açaí e beneficiamento de castanha.

“Eles ficaram muito impressionados e animados com o que o governo tem feito para alavancar a economia do Acre. Agora estão coletando mais informações daquilo que tem realmente interesse para apresentar a empresários chineses”, conta o assessor especial da Sedens, Jair Santos.

Os chineses têm interesse na compra de fazendas de engorda de peixes, em sociedade com a Peixes da Amazônia S.A., exportação de castanhas beneficiadas, pela Cooperativa Central de Comercialização do Acre (Cooperacre), além de visitar as terras do produtor José Augusto, que tem 200 hectares de açaí. A partir de agora, propostas de parcerias e sociedades serão trocadas entre os empresários dos dois países. (Samuel Bryan / Agência Acre)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation