Estudante de Rondônia desaparece na Bolívia após ser vista em restaurante

desaparecidaA família de uma estudante de 26 anos, de Cerejeiras (RO), busca pistas da jovem, que estuda medicina em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, e estaria desaparecida desde o dia 2 de fevereiro, quando foi vista em um restaurante na cidade.

Cristhielem Kruger Pomin passava férias de fim de ano em Vilhena (RO) e no dia 22 de janeiro embarcou para Santa Cruz de La Sierra. De acordo com a empresária Ivete Kruger, tia da estudante, o último contato feito pela jovem foi no dia 2 de fevereiro, quando postou uma mensagem em uma rede social. “Ela entrou em contato no dia 30 de janeiro com a mãe, e depois disso fez essa postagem”, diz.

O boletim de ocorrência foi registrado na manhã de segunda-feira (17). Segundo a Polícia Civil, por se tratar de um caso ocorrido em outro país, pouco pode ser feito, mas, caso a família peça, a rede social da estudante poderá ser monitorada.

Ao G1, a tia de Cristhielem explica que os amigos já foram contatados. “Primeiro buscamos outros meios, falamos com amigos e pessoas que convivem com ela na Bolívia. Apenas uma delas disse que a viu em um restaurante no dia 2 de fevereiro, desde então ninguém mais teve notícias”, conta. De acordo com Ivete, o primeiro contato com o Consulado Brasileiro na Bolívia aconteceu na sexta-feira (14), mas ainda não há novidades.

A mãe da jovem desaparecida reside em Cerejeiras e está à caminho da cidade boliviana, acompanhada de um parente, para buscar pistas que levem ao paradeiro da filha. Ivete revelou que, apesar de a estudante morar há três anos no país, a relação com a família sempre foi muito próxima. “Ela e a mãe sempre foram muito amigas e se falavam direto. Não sabemos o que pode ter acontecido”, diz.

A família pede para que, caso alguém tenha visto Cristhielem ou tenha alguma informação, entre em contato pelos telefones 190, (69) 3322-3001 ou (69) 8117 9029.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation